Falta de educação política nas escolas

Impressiona a falta de educação política nas escolas. E isso se reflete diretamente na qualidade de nossos governantes. Há três anos vou a escolas de Criciúma e região para falar sobre nossas instituições políticas e sempre fico impressionado com a ignorância – no sentido de desconhecimento – dos nossos jovens acerca dos acontecimentos e, principalmente, da organização política de nosso país. E o que mais assusta não é a falta de conhecimento mais aprofundado, mas noções básicas como os Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) e o desconhecimento sobre os nossos governantes e suas responsabilidades.

Sabe-se, claramente, que um vereador não é responsável direto pelo asfaltamento de uma rua, pela construção de uma creche ou de um posto de saúde. Isso é função do Poder Executivo, mas impressiona a quantidade de candidatos que propala que construirá isto ou aquilo. Os eleitores acreditam por falta de conhecimento. Alguns candidatos preferem que essas pessoas permaneçam ignorantes para que possam continuar se aproveitando delas.

Digo aos jovens que, neste ano, se algum candidato a vereador prometer construir creche ou posto de saúde, que digam a esse candidato que ele está faltando com a verdade. Sem dúvidas, essa pessoa nunca mais ousará faltar com a verdade.

Um vereador tem o dever de fiscalizar o prefeito e seus secretários, cobrar dele ações e sugerir obras, mas ele nunca será responsável diretamente pela obra. Um vereador tem que mover mundos para que sejam realizadas as melhorias necessárias, mas não pode brincar com a falta de conhecimento de um eleitor. E a falta de conhecimento é ainda maior.

Em 2010, o palhaço Tiririca foi o deputado federal mais votado do Brasil questionando os eleitores sobre as funções de um deputado federal. Ele dizia em pleno horário eleitoral gratuito: “Eu não sei o que faz um deputado federal, mas vote em mim, que eu vou lá e te conto depois”. É cômico e trágico ao mesmo tempo. Essa é a realidade de grande parte da população brasileira.

Nossos jovens não estão sendo educados para entenderem o processo político também. Saber a diferença de atuação entre um deputado estadual, um deputado federal e um senador é fundamental na hora de escolher o nosso voto.

Desafio cada leitor a fazer um teste e questionar o colega que está ao seu lado, seu pai, mãe, esposo ou esposa sobre a diferença entre a Câmara dos Deputados e o Senado Federal e os motivos de termos duas casas legislativas. Basicamente a resposta é: o Senado representa os Estados da Federação e a Câmara dos Deputados representa o povo, sendo o Senado um contrapeso às decisões, garantindo controle mútuo entre as casas legislativas.

A culpa é das pessoas por conta da ignorância política? De jeito nenhum. Um povo que não entende seu sistema político acaba governado por mal intencionados que se aproveitam desse sistema.

E você, se considera educado politicamente?

Nícola Martins
Formando em Administração Pública pela ESAG/UDESC e Jornalista
ai/UNO

UNOPress
UNOPress
A UNOPress é uma Agência de Marketing Digital especializada em Assessoria de Imprensa e Marketing de Conteúdo. Produz conteúdo para diversas empresas que buscam Page Authority e Domain Authority.

Deixe um comentário

Por digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

Compartilhar:

Receba Notícias

Posts Relacionados

Mais Recentes