Hospital de Campanha do Carnanal em Navegantes atende 152 pessoas

Navegantes – O Hospital de Campanha, montado na Praça Central da Praia, realizou atendimento para 152 pessoas entre os dois dias de trabalho, sendo a maioria por intoxicação exógena por álcool e outras substâncias, contusões, cortes, queimaduras, desmaios e até casos mais graves que foram encaminhados para atendimento no Hospital.

Neste ano, foram montadas 6 (seis) barracas  para atendimento na Praça da Praia Central, com uma equipe de trabalho  formada por 4 médicos, 6 enfermeiras, 11 técnicas de enfermagem, 3 motoristas, 3 serviços gerais, 5 pessoas como suporte logístico e os Bombeiros Voluntários, que sempre são parceiros e fundamentais nos eventos da Secretaria Municipal da Saúde de Navegantes.

De acordo com o secretário de Saúde, Samuel Paganelli, o resultado desse trabalho foi muito bom, já que a maioria dos pacientes foram recebidos e tratados ali mesmo. Entre os mais de 150 atendimentos realizados, somente 6 pacientes necessitaram ser encaminhados para atendimento no Hospital de Navegantes, enquanto os demais puderam ser atendidos e liberados ainda no local do evento, o que contribuiu para desafogar o ambulatório do Hospital num dia em que provavelmente muitas ocorrências seriam direcionadas para lá.

“O sucesso do trabalho desenvolvido no Hospital de Campanha se deve a cada um dos profissionais de saúde envolvidos, que acreditaram no atendimento pré-hospitalar em plena beira da praia, num evento com imenso público – o que amedrontaria qualquer equipe, mas não essa – que se caracterizou por elevado profissionalismo e responsabilidade inigualável”, elogiou o secretário.

Ele explica ainda que o carnaval de Navegantes é caracterizado por ser um evento que acontece em local aberto e a cada ano tem seu público tem aumentado consideravelmente. Além das comemorações tradicionais de carnaval, a realização do “Navegay” – considerado o maior “bloco de sujos” do sul do País, sedimenta-se a cada ano que passa. Tal situação faz com que a gestão municipal tenha que adotar medidas especiais para o evento.          Uma delas está relacionada ao atendimento das pessoas que apresentam problemas relacionados ao consumo excessivo de álcool, à insolação, aos acidentes com cortes e até ocorrências mais graves como quedas e fraturas, comuns às festividades carnavalescas.

A partir dessa situação, desde 2014 os profissionais da Secretaria Municipal da Saúde se organizam para prestar atendimento aos foliões através do Hospital de Campanha, onde foram montados postos médicos e de enfermagem, com o objetivo de prestar atendimento pré-hospitalar para a população participante do evento.

Maila Santos
ai/UNO

UNOPress
UNOPress
A UNOPress é uma Agência de Marketing Digital especializada em Assessoria de Imprensa e Marketing de Conteúdo. Produz conteúdo para diversas empresas que buscam Page Authority e Domain Authority.

Deixe um comentário

Por digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

Compartilhar:

Receba Notícias

Posts Relacionados

Mais Recentes