Bachelet critica decisão brasileira de recomendar que população evite viagens ao país

Brasília – A presidente chilena, Michelle Bachelet, criticou hoje (24) a decisão do governo brasileiro de recomendar que a população evite viagens ao Chile e à Argentina por conta da epidemia de influenza A (H1N1) – gripe suína.

“Me dou conta do temor que segue com a gripe mas a única solução é a cooperação, é trabalhar em conjunto, e não fechar as portas ao movimento de pessoas entre países”, disse. “Esse tipo de resposta não é a necessária para enfrentar uma epidemia dessa natureza.”

Ao participar da 144ª sessão do Comitê Executico da Organização Pan-Americana de Saúde, em Washington, Bachelet avaliou ainda que a resposta internacional dada ao México pouco depois do anúncio do surgimento da doença demostrou “falta de solidariedade e de cooperação”.

Até o momento, o Chile registra 5.186 casos confirmados de gripe suína, além de sete mortes provocadas pela doença. Crianças e jovens em idade escolas (5 a 19 anos) são a maioria dos infectados (61%).

Paula Laboissière/ABr
 

UNOPress
UNOPress
A UNOPress é uma Agência de Marketing Digital especializada em Assessoria de Imprensa e Marketing de Conteúdo. Produz conteúdo para diversas empresas que buscam Page Authority e Domain Authority.

Deixe um comentário

Por digite seu comentário!
Por favor digite seu nome aqui

Compartilhar:

Receba Notícias

Posts Relacionados

Mais Recentes